Agrupamento de Escolas da Ericeira

Projetos e Clubes

Os Projetos e Clubes fazem parte da dinâmica de uma escola que se quer em constante atividade. Os projetos/clubes são pensados de e para os alunos sem os quais não fariam sentido.

Os projetos/clubes existentes no agrupamento são de frequência facultativa, no entanto, é importante perceber a importância e o impacto positivo que a participação dos mesmos tem na vida de cada um dos alunos.

Paixão pelo Teatro

Vem fazer a adaptação de histórias maravilhosas para o palco!

HORÁRIO
4ª feira das das 14:30 às 16:00
Sala de Música (D6)

Professoras responsáveis
Prof.ª Ana Fortuna
Prof.ª Conceição Jorge

Mundo do Espectáculo

Gostas de dançar, cantar e representar? Então, vem fazer um musical!

HORÁRIO
4ª feira das 16:00 às 18:00
Sala de Música (D6)

Professoras responsáveis
Prof.ª Ana Fortuna
Prof.ª Conceição Jorge

Ficha de Inscrição

Badminton

Professor responsável
Prof. Filipe Rodrigues

HORÁRIO
2ª feira das 13:30 às 14:20
5ª feira das 09:05 às 09:55

Futsal (feminino)

Professor responsável
Prof. Ricardo Carmesim

HORÁRIO
3ª feira das 13:30 às 14:20
5ª feira das 12:35 às 13:25

Natação

Professora responsável
Prof.ª Sónia Casimiro

HORÁRIO
4ª feira das 12:00 às 12:50
5ª feira das 14:00 às 14:50

Surf

Professor responsável
Prof. Bruno Pereira

HORÁRIO
4ª feira – horário variável
(manhã ou tarde)

Projeto Eco-Escolas

O Programa Eco-Escolas é um projeto educativo internacional promovido pela organização não governamental europeia Fundação para a Educação Ambiental (em inglês: Foundation for Environmental Education – FEE) e apoiado pela Comissão Europeia.

Este programa, destinado a todos os graus de ensino, pretende reconhecer (com a atribuição da Bandeira Verde Eco-Escola) e estimular as escolas empenhadas em melhorar o seu desempenho ambiental, gestão do espaço escolar e sensibilização da comunidade.

Atividades realizadas

Repórter Ouriço

O «Repórter Ouriço» é um projeto de jornalismo aberto à participação do Agrupamento e funciona na escola sede como clube: “Funcionamos na BE e na Rádio. Fazemos entrevistas, fotorreportamos os  eventos e escrevemos textos para o site e alguns jornais da região. Assim também aprendemos melhor português.”

Ficha de Inscrição

Clube dos Violinos

Professor responsável
Prof. Luciano Dinis

HORÁRIO
3ªs feiras (Sala D3): 11h45 às 12h35

5ªs Feiras (sala D4): 14h20 às 15h10

Nota: Destina-se a quem quiser aprender a tocar violino ou tenha já alguns conhecimentos. Quem tiver instrumento próprio deverá trazer para este Clube.

Instrumentos & Cia

Professora responsável
Profª. Mónica Martins

HORÁRIO
2ªs feiras: 10h às 10h50

6ªs Feiras: 15h20 às 16h10

Nota: Destina-se a quem tiver interesse em tocar um instrumento ou já saiba tocar, e deseja fazer música em conjunto. Quem tiver instrumento deverá trazer.

Coro

Professora responsável
Profª. Mónica Martins

HORÁRIO
5ªs feiras (sala D5):     11h45 às 12h35

6ªs Feiras (sala D6): 16h10 às 17h

Nota: Destina-se a quem gosta de cantar, quer seja sozinho ou com outros.

A a Hertz

Professora responsável
Profª. Mónica Martins

HORÁRIO
2ªs feiras (sala D5):  10h50 às 11h40

2ªs Feiras (sala D6): 14h20 às 15h10

Nota: Destina-se a quem desejar melhorar a leitura e especialmente a compreensão da língua portuguesa. Para isso partiremos de canções que ajudarão a desenvolver a comunicação escrita e oral.

Projeto Educação para a Saúde

Este propõe uma abordagem pedagógica de temas ligados à saúde em contexto curricular, promovendo a responsabilidade individual e comunitária no que concerne à saúde, desenvolvendo nos alunos competências que lhes permitam tomar decisões conscientes e informadas, fazer opções responsáveis e adotar estilos de vida saudáveis.

Este Projeto de Educação para a Saúde é um instrumento de trabalho integrador das preocupações e responsabilidades da escola enquanto entidade formadora de jovens informados e conscientes, e incorpora atividades educativas que concorrem para a promoção e educação para a saúde.

Recursos do PES

Plano Nacional das Artes

A missão do PNA é promover a transformação social, mobilizando o poder educativo das artes e do património na vida dos cidadãos: para todos e com cada um. O PNA é uma estrutura de missão instituída pelo Ministério da Cultura e pelo Ministério da Educação, para o horizonte temporal 2019-29.

No site do PNA, podemos encontrar múltiplos e diferentes recursos para explorar conteúdos transdisciplinares, com a particularidade de terem a cultura, a arte e o património como elementos privilegiados e aglutinadores de várias áreas de conhecimento.

Novidades PNA

Plano Nacional do Cinema

O PNC é uma iniciativa conjunta da Presidência do Conselho de Ministros, através do Gabinete do Secretário de Estado da Cultura, e do Ministério da Educação e Ciência, pelo Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, conforme Despacho n.º 15377/2013, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 229, de 26 de novembro de 2013, e operacionalizado pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), pela Cinemateca Portuguesa — Museu do Cinema e pela Direção-Geral da Educação (DGE).

O PNC está previsto como um programa de literacia para o cinema e de divulgação de obras cinematográficas nacionais junto do público escolar, garantindo instrumentos essenciais e leitura e interpretação de obras cinematográficas junto dos alunos das escolas abrangidas pelo programa.

O horizonte temporal é anual sujeito a candidatura, em cada ano letivo.

Coordenação do Projeto
Prof.ª Glória Andrade

Equipa do Projeto
Prof.ª Filomena Matos
Prof.ª Andreia Duarte
Prof.ª Violante Grilo.

Modelismo

Professores responsáveis
José Carreira

Sérgio Alexandre

HORÁRIO
2ª Feira: 13.30 h – 16.20 h

Sala C3

Rancho Folclórico

Professoras responsáveis
Helena Quaresma

Helena Abreu

HORÁRIO

6ª Feira às 21.00 h

Polivalente

Erasmus +

Europa: Ao encontro de quem somos

Aceda aqui ao site do projeto.

Orçamento Participativo das Escolas

Os estudantes do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário vão poder decidir quais as melhorias a introduzir nos seus estabelecimento de ensino, de uma forma democrática, no âmbito do Orçamento Participativo das Escolas.

Através desta medida, pretende-se dar voz aos alunos e resposta às suas necessidades e interesses, assim como promover a sua participação cívica.

Para tal, as escolas devem abrir  procedimento para apresentação de propostas até ao final de janeiro e auxiliar os estudantes no seu desenvolvimento e apresentação até ao final de fevereiro.

O Orçamento Participativo das Escolas foi anunciado no âmbito do Conselho de Ministros temático, dedicado ao Dia do estudante, a 24 de março de 2016.

Aviso de Abertura

Roteiro para Apresentação de Propostas

Formulário para Proposta de Orçamento Participativo

Documento para especificar os Apoiantes da Proposta

Despacho nº 436-A/2017

Informação para os Pais/ Encarregados de Educação

 

Projeto "Pés na Terra"...

O projeto “Pés na Terra…” é um projeto do Departamento do Pré-escolar, tendo como público-alvo as crianças de todos os estabelecimentos de educação pré-escolar do Agrupamento de Escolas da Ericeira.

Hoje as crianças têm cada vez menos experiências que as liguem à natureza, consequência dos estilos de vida dos tempos modernos, em que o sedentarismo, o entretenimento eletrónico, as preocupações com a segurança e a ocupação dos tempos livres de forma organizada e estruturada, substituem o tempo de brincadeira livre e ativa que as crianças deveriam ter, traduzindo-se em consequências negativas no desenvolvimento das crianças.

Segundo Carlos Neto, professor e investigador da Faculdade de Motricidade Humana, estudos e investigações recentes demonstram que as crianças mais ativas no recreio têm mais capacidade de aprendizagem, de atenção e concentração, de autoestima e autorregulação. Que o tempo de atividade livre ativa é fundamental para a saúde física e mental das crianças.

 

 Objetivo Geral:

Potencializar e privilegiar as aprendizagens ativas das crianças, recorrendo ao espaço exterior, valorizando a brincadeira ao ar livre na constante relação com o estímulo sensorial, promovendo assim o seu desenvolvimento global de uma forma holística e harmoniosa.

 

Objetivos Específicos

  • Potenciar o desenvolvimento sensorial (integração e organização), motor e socio emocional;
  • Promover a brincadeira livre de forma não estruturada, permitindo que as crianças descubram os objetos e o mundo à sua volta de forma livre;
  • Dar oportunidade às crianças de testarem os seus limites, de resolverem os seus problemas, os seus conflitos, de ultrapassarem as suas limitações;
  • Potenciar a capacidade de atenção e concentração; a criatividade e a imaginação;
  • Promover experiências em espaços naturais, desenvolvendo nas crianças a consciência ambiental.
  • Promover o processo de descoberta da investigação científica.

 

Atividades a desenvolver:

  • “Brinc’artenatura  no recreio” – Enriquecimento e exploração dos espaços do recreio com materiais e jogos diversificados, potenciadores dos elementos naturais envolventes e promotores da atividade lúdica e artística, criativa e colaborativa;
  • “Escola fora de portas” – Saídas a espaços específicos das famílias ou comunidade para conhecimento e exploração do património natural, social, cultural, económico e outros recursos da comunidade;
  • “Exploradores da natureza à aventura” – Saídas regulares para exploração e brincadeira livre nos vários espaços naturais da comunidade, com recurso aos elementos encontrados na natureza.

 

Em contexto de pandemia, cada Jardim de Infância e cada educadora irá adequar as atividades a desenvolver com o seu grupo, de acordo com o contexto em que se insere e com o Plano de Contingência de cada estabelecimento.

Projeto Escola para Todos

Para alunos com Medidas de Suporte à Aprendizagem

Coordenadora: Sandra José

Local de funcionamento

Estão atualmente disponíveis dois computadores portáteis híbridos com o software Grid3, nas duas Unidades de Ensino Estruturado da Escola EB1/JI da Freguesia de Santo Isidoro, para que os professores possam preparar os materiais e também os usar para trabalho direto com os seus alunos.

Os equipamentos podem ser usados por qualquer aluno de Educação Especial da escola, sob orientação dos respetivos professores de Educação Especial.

De acordo com as necessidades dos alunos, estes softwares, podem ser disponibilizados para trabalho individual.

Descrição do Projeto/ Objetivos Gerais

A educação inclusiva implica um processo contínuo de melhoria da escola, com fim de utilizar todos os recursos disponíveis, para promover a participação e a aprendizagem de todos os alunos.

Procuramos, nas tecnologias de apoio, uma forma de desenvolver a aprendizagem, promover o acesso ao currículo e a integração futura destes alunos na sociedade.

Na sequência da candidatura à Fundação Altice Portugal, foram doados dois computadores e dois softwares de acessibilidade e comunicação Grid3, para dotar o Centro de Apoio às Aprendizagens, de recursos que nos ajudem a promover a participação e a aprendizagem de todos os alunos, reduzindo o impacto que determinadas condições de saúde, têm sobre a sua atividade e participação, contribuindo para o seu desenvolvimento integral.

Objetivos:

  • Inclusão dos alunos com limitações;
  • Melhorar competências de comunicação;
  • Promover o acesso ao currículo;
  • Ajustar as tecnologias de apoio às limitações motoras dos alunos

Equipamento disponibilizado

Os equipamentos foram financiados pela Fundação Altice Portugal a 16 de abril de 2020. Atualmente dispomos dos seguintes equipamentos:

2 Computadores portáteis com monitor touch.

2 Softwares Grid3

Este software é adequado a utilizadores com limitações neuromotoras, cognitivas ou da fala.

O programa permite a construção de teclados virtuais para aceder a todas as funções e comandos do Windows, podendo substituir as funções de um teclado convencional ou rato através de qualquer dispositivo apontador.

Permite a construção de quadros de comunicação devidamente personalizados, a comunicação por texto com teclados com predição, a comunicação por símbolos, com dezenas de quadros de comunicação disponíveis e a possibilidade de personalização.

Inclui ainda a possibilidade de controlo do computador e ambiente.

Disponibiliza também atividades interativas que permitem aquisição de competências através de jogos Causa-Efeito, Escolhas, Desafios e Cenários.